Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Liga Árabe alerta para ‘graves consequências’ dos últimos atentados na Síria

Por Da Redação 10 Maio 2012, 09h02

Cairo, 10 mai (EFE).- O secretário-geral da Liga Árabe, Nabil al Araby, advertiu nesta quinta-feira que os atentados ocorridos hoje em Damasco e ontem em Deraa ‘terão consequências graves’ para o futuro da missão de observadores da ONU em vigor no país.

‘Quem está por trás dos atentados tenta frustrar a missão dos observadores internacionais e levar a Síria a mais atos de violência, assassinatos e derramamento de sangue’, disse Arabi em entrevista coletiva no Cairo.

Mais de 40 pessoas morreram hoje e 170 ficaram feridas em duas explosões de origem desconhecida na região de Qazaz, na periferia de Damasco. Ontem, em Deraa, seis soldados sírios ficaram feridos em uma explosão perto de um comboio de observadores da ONU.

Os observadores estão na Síria para verificar o cumprimento do plano de paz do enviado especial da ONU e da Liga Árabe, Kofi Annan, que estipula, entre outras medidas, um cessar-fogo, em vigor desde o dia 12 de abril.

Nesta manhã, o chefe da missão, o general norueguês Robert Mood, disse à imprensa que o duplo atentado em Damasco ‘não representa uma solução para nenhum problema’ na Síria, durante uma visita ao local do ataque. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade