Clique e assine com 88% de desconto

Líbia adia eleição de assembleia constituinte para 7 de julho

Data inicial era 19 de junho; comissão alega precisar de mais tempo

Por Da Redação - 10 jun 2012, 13h52

As eleições para formar o Congresso Nacional da Líbia (assembleia constituinte), inicialmente previstas para 19 de junho, foram adiadas ao dia 7 de julho, anunciou neste domingo o presidente da Comissão Eleitoral do país, Nouri al-Abbar.

Ele explicou em entrevista coletiva que a decisão é “meramente técnica” e tem o aval do Conselho Nacional de Transição Líbio (CNT).

O responsável pela comissão indicou que o órgão apresentou ao CNT um relatório que contém os motivos do adiamento e destacou que o conselho não tem autoridade para alterar a data das eleições.

Entre os motivos mencionados para o atraso, Abbar disse que a possível rejeição de algumas candidaturas e a possibilidade de prolongar por mais 15 dias o tempo de inscrição dos candidatos.

Publicidade

“A data escolhida para as eleições tem a finalidade de levar ao país à via da segurança e da estabilidade”, enfatizou.

Cerca de 2,7 milhões de líbios estão cadastrados para votar nesta eleição, a primeira após a revolução que derrubou o regime de Muammar Kadafi no ano passado. O pleito escolherá 200 membros para o futuro Congresso – 120 serão candidatos independentes e 80 serão de diversas legendas políticas.

O Congresso Nacional da Líbia tem como missão principal redigir a futura constituição do país, que será posteriormente aprovada em referendo.

(Com agência EFE)

Publicidade