Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jennifer López revela que problema da filha inspirou criação de sua ONG

Nova York, 23 dez (EFE).- Jennifer López revelou que um pequeno problema de saúde que sua filha, Emme, teve quando era bebê levou a atriz a refletir sobre as dificuldades das mães com poucos recursos de conseguir acesso à saúde, o que inspirou a Fundação Maribel, destinada a ajudar mulheres e crianças.

‘Percebi um volume em sua cabeça, muito leve, parecia água. Pensei que se Emme não estivesse bem, eu também não estaria, e que se eu não estivesse, o resto da família também não estaria’, disse a cantora em declarações à rede americana ‘CNN’, que transmitiu um trecho da entrevista antecipado.

A artista de origem porto-riquenha relatou que, após descobrir o volume na cabeça da menina, que hoje tem três anos, foi ao hospital com o então marido, o cantor Marc Anthony. Lá os médicos fizeram exames que mostraram que Emme não tinha nenhum problema.

Emme e seu irmão gêmeo, Max, nasceram em 2008, filhos de Jennifer e Marc Anthony, que se separaram em julho deste ano.

Jennifer conta que, ao voltar do hospital tranquilizada, começou a pensar no que teria acontecido se não tivesse condições de acesso aos médicos. ‘Nenhuma mãe deveria passar por algo assim’.

Daí ela teve a ideia da Fundação Maribel. A ONG leva o nome da irmã caçula do ex-marido de Jennifer, que morreu de câncer quando criança.

A cantora indicou também que uma das atividades da fundação, dirigida por sua irmã Lynda López, é um programa de telemedicina no hospital infantil de Los Angeles que permite aos médicos de qualquer parte do mundo compartilhar diagnósticos dos pacientes. EFE