Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Japão calcula que levará dez anos para reconstruir cidades

Governo avaliou danos em infraestrutura de cidades mais afetadas pela tragédia

Por Da Redação 26 abr 2011, 06h15

O governo japonês estima que levará até dez anos para reconstruir algumas das áreas mais afetadas pelo terremoto seguido de tsunami do dia 11 de março.

O Conselho para o Plano de Reconstrução, organização criada pelo governo, emitiu nesta terça-feira um relatório com a avaliação dos estragos causados pela tragédia nas principais cidades afetadas, sobretudo no nordeste do país.

Mais de 1 mil terremotos superiores a 4,5 graus na escala Richter já atingiram o Japão desde o dia 11 de março. Um porta-voz da Agência Meteorológica japonesa detalhou que 408 sismos tiveram magnitude de pelo menos 5 graus na escala Richter, sendo que o número poderia ser multiplicado por dez se fossem levados em conta os tremores com pelo menos 4 graus.

Dos tremores registrados desde 11 de março, 68 tiveram intensidade igual ou maior que 6 graus, e outros cinco registraram pelo menos 7 graus, nível igual ao do terremoto que deixou cerca de 300 mil mortos no Haiti em janeiro de 2010.

O terremoto de 9 graus que há pouco mais de um mês sacudiu o nordeste japonês foi o mais forte no país desde o início das medições, há 140 anos, e gerou um grande tsunami com ondas de até 15 metros.

Continua após a publicidade
Publicidade