Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Japão aprova mais sanções contra Irã por programa nuclear

Por Da Redação 9 dez 2011, 00h04

Tóquio, 9 dez (EFE).- O Governo do Japão aprovou nesta sexta-feira novas sanções contra o Irã por seu programa nuclear, que incluem o congelamento de ativos e a supervisão de transações financeiras, anunciou o ministro das Relações Exteriores japonês, Koichiro Gemba.

As sanções adicionais, que foram aprovadas nesta própria sexta-feira pelo Governo de Yoshihiko Noda, afetam 106 instituições, três bancos e uma pessoa física, segundo explicou Gemba em declarações à agência local ‘Kyodo’.

O anúncio de Tóquio segue a resolução adotada pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) em meados de novembro contra o Irã pelas crescentes suspeitas de que o país está trabalhando no desenvolvimento de armas nucleares.

Os Estados Unidos, que impuseram sanções adicionais à república islâmica dias após a divulgação da resolução da AIEA, pediram ao Japão e a outros aliados que também reduzam suas importações de petróleo procedente do Irã.

Gemba, no entanto, anunciou que o Japão decidiu não impor nenhuma restrição à aquisição de petróleo iraniano, que representa 10% do total importado pelo Japão.

Com as novas medidas aprovadas, o país asiático manterá congelados os ativos de 267 instituições, 20 bancos e 66 pessoas físicas que o Governo japonês considera ter laços com os programas de desenvolvimento nuclear do Irã. EFE

Continua após a publicidade

Publicidade