Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após morte de general, iranianos vão às ruas contra EUA

O líder das forças Quds, braço de lite da Guarda Revolucionária, é popular entre os iranianos e era cotado para disputar a Presidência

Por Da Redação Atualizado em 7 jan 2020, 12h23 - Publicado em 3 jan 2020, 14h13

Considerado um herói de guerra pelos iranianos, por sua atuação no conflito Irã-Iraque, e cotado para disputar a presidência do país, a morte do general Qasem Soleimani, causou insatisfação na população levando milhares de pessoas às ruas para protestar contra o seu algoz: os Estados Unidos.

Soleimani foi morto durante um ataque aéreo americano por drones que o tinha como alvo principal. Segundo o Departamento de Estado dos EUA, o general estaria planejando ataques contra alvos americanos em diversos locais e que sua morte salvaria a vida de cidadãos americanos. O Irã falou em vingança contra a ação que julgaram como criminosa.

Publicidade