Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Iniciada retirada de combustível de navio naufragado na Itália

A extração do combustível do naufragado cruzeiro italiano “Costa Concordia” começou neste domingo às 16h00 GMT (14h00 de Brasília), em frente à ilha de Giglio, no centro da Itália, um dia antes do previsto, anunciou o comissário a cargo de gerir a resposta à catástrofe.

Em meio a um mar calmo, o bombeamento começou em sete depósitos do barco. O naufrágio do navio, em 13 de janeiro, deixou 32 mortos entre os 4.229 passageiros e membros da tripulação.

A Defesa Civil na Itália anunciou o início destas tarefas para a segunda-feira, um mês depois da catástrofe.

Na quinta-feira foram conectadas as cubas do navio a um ponto flutuante e no domingo terminaram os preparativos para o início da operação.

Os especialistas da companhia holandesa Smit, junto com os da empresa italiana Neri, são os encarregados de aspirar as 2.400 toneladas de combustível que ainda restam no interior do barco e que ameaçam provocar uma maré negra no frágil ecossistema do Giglio, a ilha em frente a qual o Costa Concórdia naufragou.

Segundo o plano previsto, e se as condições meteorológicas permitirem, levará 28 dias para esvaziar os 15 depósitos de combustível.