Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Índia: maior eleição do mundo chega ao seu último dia

Resultados serão divulgados na próxima sexta. Opositor Narendra Modi é o favorito a ser o próximo primeiro-ministro

A última etapa das eleições nacionais indianas terminou nesta segunda-feira, após cinco semanas de uma maratona eleitoral que pode levar ao poder o líder nacionalista hindu Narendra Modi, favorito para ser o próximo primeiro-ministro do país. A apuração será feita ao longo da semana e o anúncio dos resultados está previsto para acontecer na próxima sexta-feira.

Modi é o líder do Partido Bharatiya Janata (BJP, na sigla em inglês), de oposição ao atual governo, está a caminho de conquistar uma estreita maioria na eleição. O BJP e seus aliados devem ganhar a maior fatia dos 543 assentos parlamentares, mas aquém dos 272 assentos necessários para uma maioria, preveem analistas.

Leia também

Índia realiza eleições e tenta garantir seu futuro

Números e curiosidades da maior eleição do mundo

As pesquisas apontam o Partido do Congresso como o grande perdedor, após dez anos no poder. A formação política de Rahul Gandhi foi prejudicada pela desaceleração do crescimento econômico, por casos de corrupção e por uma inflação galopante. No entanto, as pesquisas são consideradas com frequência pouco confiáveis em virtude do tamanho e da grande variedade do país, que conta com 814 milhões de potenciais eleitores, o maior corpo eleitoral do mundo.

Nesta última jornada eleitoral estavam em jogo 41 cadeiras nos estados de Uttar Pradesh, Bihar e Bengala Ocidental, com cerca de 6,6 milhões de eleitores convocados às urnas, de acordo com a Comissão Eleitoral da Índia.

(Com agência France-Presse)