Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Índia: homem é preso acusado de estuprar menina de 6 anos

Instrutor de skate, que não teve a identidade revelada, está envolvido no crime ocorrido dentro de uma escola na cidade de Bangalore, ao sul do país

Por Da Redação - 21 jul 2014, 18h30

A polícia da Índia prendeu nesta segunda-feira um homem suspeiro de envolvimento no estupro de uma menina de 6 anos na cidade de Bangalore, sul do país. Junto com o instrutor de skate, que trabalhava como professor na escola em que o crime ocorreu, foram apreendidos equipamentos eletrônicos que continham material de pedofilia. O crime ocorreu no dia 2 de julho, mas os pais só foram descobrir dias depois, após a garota ser levada ao hospital reclamando de dores de estômago. Acredita-se que outro funcionário do colégio também esteja envolvido, segundo informou a rede britânica BBC.

Leia também:

Por que acontecem tantos estupros na Índia?

Estupros na Índia: alguns dos casos mais cruéis

Publicidade

A prisão foi efetuada depois que pais de alunos e ativistas fizeram protestos em repúdio à maneira como a escola tratou o caso. Mayank Kumar, pai de duas meninas que estudam no colégio, reclamou que a direção negou as acusações no início. “Primeiro, quando a polícia foi à escola, disseram que era um caso de roubo. Soubemos pelos jornais que se tratava de um estupro”.

Os pais ameaçaram inclusive suspender a matrícula de seus filhos até terem garantias suficientes de que o colégio é seguro para as crianças. O diretor do colégio, Rustom Kerawala, pediu “sinceras desculpas” e prometeu “cooperar totalmente” com a investigação policial.

A violência sexual no país têm resultado em protestos desde dezembro de 2012, quando uma estudante foi estuprada por um grupo de homens em um ônibus na capital Nova Délhi. O caso forçou o governo a tornar as punições para este tipo de crime mais duras, mas nenhuma legislação aprovada até o momento inibiu os agressores.

Publicidade