Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Incêndio na Califórnia faz cidades dos EUA terem ar mais poluído do mundo

Imagens de satélite da Nasa mostram que fuligem se espalhou pelo território americano

Por Ernesto Neves Atualizado em 10 ago 2021, 12h19 - Publicado em 10 ago 2021, 12h06

Imagens captadas pela Nasa na última segunda-feira (10) mostram os impactos devastadores dos incêndios na Califórnia. Boa parte da Costa Oeste do país está encoberta por uma fumaça espessa, a ponto de bloquear a luz do sol.

A fumaceira encobriu também várias metrópoles americanas, como Denver, no Colorado, e Salt Lake City, em Utah, colocando a qualidade do ar nessas localidades entre as piores do mundo. 

Ao longo de todo o fim de semana, a qualidade do ar ficou tão ruim em Utah que várias escolas decidiram suspender as práticas esportivas e atividades ao ar livre. Os acampamentos de verão no estado de Washington também estão suspensos por tempo indeterminado.

Na Califórnia, os bombeiros continuaram lutando para controlar o enorme incêndio Dixie, que se tornou o maior incêndio florestal isolado na história do estado. As chamas tem ganhado força nas serras da Califórnia, que estão mais ressequidas esse ano graças à seca prolongada.

Os cientistas têm se mostrado preocupados com o impacto da fumaça sobre a saúde humana. Pesquisas recentes mostram que a fuligem pode ser mais tóxica do que se pensava, já que ela reage com a luz do sol e com outras moléculas encontradas na atmosfera. À medida que viajam, afirmam os pesquisadores a fumaça pode formar compostos muito prejudiciais ao corpo.

Foto de satélite da Nasa mostra estados americanos encobertos por fumaça
Foto de satélite da Nasa mostra estados americanos encobertos por fumaça Nasa/Divulgação
Continua após a publicidade
Publicidade