Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Imprensa mundial destaca ‘roubo de filme’ no Aeroporto de Guarulhos

Criminosos disfarçados de policiais roubaram 750 quilos de ouro; carga foi avaliada em mais de 110 milhões de reais

Por Da Redação - Atualizado em 26 jul 2019, 14h30 - Publicado em 26 jul 2019, 12h42

O roubo de 718,9 kg de ouro por criminosos disfarçados no Aeroporto Internacional de São Paulo foi notícia em diversos veículos da imprensa internacional. O jornal espanhol El País comparou o crime aos “roubos mais espetaculares de filmes”.

“A operação não tem porque invejar os roubos mais espetaculares dos filmes”, destaca a reportagem. “Os ladrões só precisaram de dois minutos e meio, segundo as imagens gravadas pelas câmeras de segurança, para escapar com a pilhagem”.

Ao todo, oito homens, distribuídos em dois veículos, entraram no armazém do aeroporto e abordaram os agentes do terminal na quinta-feira 25. A carga, que foi roubada de um carro-forte da empresa Brink’s, seguiria para Zurique, na Suíça, e Nova York, nos Estados Unidos.

Os 718,9 kg de ouro roubados foram avaliados em 29,2 milhões de dólares (110,2 milhões de reais).

Publicidade
Clarín/Reprodução

“O roubo foi cometido no período da tarde, quando os suspeitos, munidos de fuzis e roupas e crachás da Polícia Federal, chegaram em dois veículos a um terminal de carga do Aeroporto de Guarulhos”, descreveu o argentino Clarín.

O jornal também destacou que o aeroporto internacional de São Paulo é o maior terminal aéreo do país e um dos mais importantes da América Latina.

“No roubo bem organizado em plena luz do dia, nenhum tiro foi disparado, ninguém ficou ferido”, escreveu o site da revista alemã Der Spiegel.

Os criminosos mantiveram o encarregado de despacho e a família dele reféns na noite anterior, e assim tiveram acesso a informações privilegiadas. Todos foram liberados sem ferimentos após o roubo.

Publicidade

 

Spiegel/Reprodução

O site da emissora britânica BBC publicou um vídeo que mostra as viaturas clonadas utilizadas pelos criminosos e depois abandonadas no Jardim Pantanal, na Zona Leste de São Paulo. Os ladrões entraram em uma caminhonete S-10 e usaram uma ambulância para transportar a carga roubada.

BBC/Reprodução

Já a emissora americana CNN comparou o roubo com um assalto realizado no Aeroporto Internacional de Tirana, na Albânia. O caso aconteceu em abril, e os ladrões levaram enorme quantidade de dinheiro que seria enviado a Viena.

Os criminosos retiraram a carga de dentro de um avião da Austrian Airlines. Um dos ladrões foi morto durante uma perseguição policial, enquanto outros quatro foram presos.

CNN/Reprodução
Publicidade