Clique e assine com até 92% de desconto

Homs é bombardeada antes da chegada de observadores à Síria

Por Ho 15 abr 2012, 16h35

O cessar-fogo na Síria foi novamente violado neste domingo pelos bombardeios contra a cidade de Homs e por combates em Aleppo, no dia em que devem chegar ao país os observadores militares da ONU enviados pelo Conselho de Segurança em sua primeira resolução em 13 meses de conflito.

O presidente do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdel Rahman, assegurou à AFP que os bombardeios nos bairros rebeldes de Homs se intensificaram na manhã deste domingo.

Também explodiram violentos combates durante a madrugada entre as forças de segurança e os rebeldes na província síria de Aleppo (norte).

O Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade no sábado uma resolução para o envio de um primeiro grupo de observadores para supervisionar o cessar-fogo na Síria.

A resolução 2042 aprova o envio de primeiros 30 observadores militares desarmados em alguns dias. Uma nova resolução será necessária para autorizar uma missão completa de mais de 200 observadores.

Segundo um porta-voz das Nações Unidas, cinco ou seis destes primeiros observadores chegarão ainda neste domingo à Síria.

Uma parte dos observadores é proveniente da sede da ONU em Nova York, disse Dwyer.

Além disso, a resolução convoca o governo sírio a permitir o acesso das organizações humanitárias ao país e a “implementar visivelmente” todos os compromissos adquiridos no âmbito do plano de paz do enviado especial Kofi Annan, incluindo a retirada de tropas e de armamento pesado das principais cidades sírias.

Continua após a publicidade
Publicidade