Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Homem-bomba do Talibã mata três pessoas no Afeganistão

Alvo era sede do governo de Kandahar; caminhão com explosivos foi interceptado antes de explodir

Por Ricardo Ferraz Atualizado em 8 jul 2020, 15h12 - Publicado em 8 jul 2020, 14h57

Um homem-bomba do Talibã detonou um veículo militar cheio de explosivos quando se aproximava da residência do governador e da sede da polícia, na província de Kandahar, no Afeganistão, nesta quarta-feira, 8. Pelo menos três pessoas morreram e 14 ficaram feridas, segundo autoridades.

“Por volta das 4 horas da manhã, um homem-bomba dirigindo um caminhão grande foi atacado por forças de segurança antes de atingir seu objetivo, mas detonou explosivos perto da sede da polícia e do complexo residencial do governador”, disse o porta-voz do governo local, Bahir Ahmad.

O Talibã assumiu a responsabilidade pelo ataque. Em comunicado, justificou o atentado afirmando que o quartel da polícia havia sido usado como centro militar para operações das forças de segurança contra os insurgentes islâmicos.

ASSINE VEJA

Governo Bolsonaro: Sinais de paz Leia nesta edição: a pacificação do Executivo nas relações com o Congresso e ao Supremo, os diferentes números da Covid-19 nos estados brasileiros e novas revelações sobre o caso Queiroz
Clique e Assine

Os conflitos entre a milícia afegã e o governo estão aumentando, enquanto os Estados Unidos tentam colocar em prática um acordo de paz, assinado em janeiro desse ano, para retirar as tropas americanas em definitivo do país e colocar fim à guerra do Afeganistão que já dura quase duas décadas. 

Na terça-feira, uma outra explosão de carro bomba na província oriental de Nangarhar feriu onze pessoas e matou quatro, entre elas um comandante da polícia local. Nesse caso, porém, nenhum grupo se responsabilizou pelo ataque.

(Com Reuters)

  • Continua após a publicidade
    Publicidade