Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Hollande promete suprimir palavra raça da Constituição francesa

Por Da Redação - 10 mar 2012, 18h28

Paris, 10 mar (EFE).- O candidato socialista à presidência francesa, François Hollande, afirmou neste sábado que suprimirá a palavra raça da Constituição do país caso ganhe as eleições de abril e maio.

‘Não há lugar na República para a raça. Por isso, no dia seguinte às presidenciais, pedirei ao Parlamento que suprima a palavra raça de nossa Constituição’, afirmou Hollande durante um discurso em Paris dedicado aos territórios ultramarinos franceses.

A Carta Magna francesa de 1958 faz referência à raça no primeiro artigo: ‘A França é uma República indivisível, laica, democrática e social. Garante a igualdade perante a lei de todos os cidadãos sem distinção de origem, raça ou religião’.

Hollande declarou que a palavra raça ‘tomou outro sentido’ e indicou que na atualidade ‘só há uma raça, uma família, a família humana’.

Publicidade

Esta não é a primeira vez que os socialistas propõem suprimir a palavra ‘raça’ da Carta Magna, o que já fizeram em 2007. EFE

Publicidade