Clique e assine com até 92% de desconto

Hernán Lorenzino será novo ministro argentino da Economia

Por Leo Ramirez 6 dez 2011, 16h53

Hernán Lorenzino, atual secretário de Finanças e negociador do país pela dívida com o Clube de Paris, será o novo ministro da Economia no segundo mandato de Cristina Kirchner, que começará em 10 de dezembro, anunciou o porta-voz presidencial.

Lorenzino é um jovem economista de confiança do atual ministro da área, Amado Boudou, vice-presidente eleito, em um gabinete quase sem mudanças, com o chanceler Héctor Timerman confirmado e Juan Manuel Abal Medina designado a chefe de gabinete, disse nesta terça-feira o porta-voz Alfredo Scoccimarro na Casa Rosada (governo).

Publicidade