Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Grã-Bretanha desbloqueia 600 milhões de libras de bens líbios

Por Carl de Souza 15 set 2011, 09h41

A Grã-Bretanha desbloqueará 600 milhões de libras de bens líbios congelados por resoluções das Nações Unidas para ajudar o Conselho Nacional de Transição (CNT), anunciou nesta quinta-feira em Londres um porta-voz do primeiro-ministro britânico David Cameron.

“Vamos colocar a disposição cerca de 600 milhões (950 milhões de dólares, 688 milhões de euros) de libras em ativos líbios”, afirmou o porta-voz de Downing Street à imprensa, enquanto Cameron realizava uma visita a Trípoli junto com o presidente francês, Nicolas Sarkozy.

“São bens que foram congelados por resoluções anteriores da ONU”, acrescentou.

Cerca de 12 bilhões de libras (19 bilhões de dólares, 13,745 bilhões de euros) de ativos líbios foram congelados no âmbito das sanções impostas em fevereiro e março pelas Nações Unidas contra o regime do ex-líder líbio Muamar Kadhafi.

O CNT, que reúne as novas autoridades líbias, pediu recentemente uma ajuda de urgência de 5 bilhões de dólares.

No dia 1 de setembro, no fim da Conferência de Amigos da Líbia em Paris, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, anunciou o desbloqueio imediato de 15 bilhões de dólares de bens congelados de Kadhafi.

Continua após a publicidade
Publicidade