Clique e assine a partir de 9,90/mês

Governo interino se compromete a proteger embaixada do Brasil

Por Da Redação - 29 set 2009, 10h20

O governo interino de Honduras anunciou que protegerá a embaixada do Brasil em Tegucigalpa, mesmo que esta perca o status diplomático.

“De acordo com o costume internacional, o governo de fato continuará fornecendo proteção aos escritórios do Brasil, apesar de não existirem mais relações diplomáticas”, afirmou um comunicado da chancelaria.

O ministério das Relações Exteriores de Honduras advertiu no domingo o Brasil que a embaixada em Tegucigalpa perderia o statuts diplomático se, no prazo de 10 dias, não definisse a situação do presidente deposto Manuel Zelaya, refugiado na representação desde 21 de setembro.

“Ao dar proteção a Zelaya, o Brasil assumiu a responsabilidade pela segurança das pessoas que entraram em sua representação em Tegucigalpa, mas apesar disto Honduras dará proteção aos escritórios”, afirma o comunicado.

A ameaça de domingo provocou uma intensa atividade em Washington e em Nova York, tanto no Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA) como na Assembleia Geral da ONU.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade