Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Governo e oposição do Iêmen devem entrar em acordo na quarta-feira

Fontes das duas partes confirmaram acordo, mas protestos continuam

Por Da Redação 26 abr 2011, 13h02

O governo do Iêmen e a oposição devem se reunir na quarta-feira na Arábia Saudita para a assinatura de um acordo para crise instaurada no país, anunciaram as duas partes nesta terça-feira.

“Recebemos um convite da Arábia Saudita para a assinatura na quarta-feira, em Riad, de um acordo por iniciativa do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG)”, declarou Soltan al Barakani, secretário-geral adjunto do partido iemenita que está no poder. Um dirigente da oposição confirmou que uma delegação da Frente Comum irá a Riad para assinar o acordo.

O plano dos países do Golfo, proposto na última quinta-feira e aceito pelo partido governista no sábado, prevê a renúncia, com uma garantia de imunidade, do presidente Ali Abdullah Saleh, um mês depois que a oposição forme um governo de reconciliação nacional.

Manifestações – Apesar do anúncio, os protestos continuam na capital Sana, onde milhares de manifestantes se reuniram na praça da Mudança, para reclamar do plano dos países do Golfo nesta terça-feira. Segundo testemunhas e fontes médicas, seis manifestantes foram feridos por disparos de bala.

“Rejeitamos totalmente este plano. Reclamamos não apenas que o presidente Saleh se retire como também que seja julgado”, afirmou um porta-voz do movimento, Hachem al Sufi.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade