Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

George W. Bush expõe quadros em que retrata personalidades mundiais

Com imagens de figuras como Putin, Merkel e Dalai Lama, ex-presidente americano quer atrair visitantes para seu museu em Dallas, no Texas

O ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush decidiu expor algumas de suas ‘obras’ como artista plástico (!) para atrair visitantes ao museu presidencial e biblioteca, inaugurados por ele há um ano com a presença de Barack Obama, Bill Clinton, Jimmy Carter e seu pai, George H. W. Bush.

Neste sábado será inaugurada a exposição ‘A Arte da Liderança: Diplomacia Pessoal de um Presidente’, com imagens arrepiantes de figuras como o presidente russo Vladimir Putin, o afegão Hamid Karzai, a chanceler alemã Angela Merkel, o líder tibetano Dalai Lama.

“Eu pinto muito, porque, como você sabe, sou uma pessoa motivada e quero melhorar. Todo um novo mundo se abriu para mim”, disse o ex-presidente, admitindo que “não é um artista”, em uma entrevista concedida à sua filha Jenna Bush Hager, que trabalha para a rede NBC.

Bush também se dedica a paisagens, animais e até a autorretratos no chuveiro e na banheira – essas imagens mais, digamos, intimistas, vazaram na internet depois que o e-mail do ex-presidente foi hackeado.

Inspiração – O ex-presidente disse que não tinha interesse em pintura até deixar a Casa Branca e ler um livro de Winston Churchill intitulado “Pintar como Passatempo”. Depois de algum tempo de dedicação, Bush já consegue até indicar de qual tela mais gosta. É a que retrata seu pai. Ele revela que chegou a ficar com lágrimas nos olhos algumas vezes enquanto trabalhava o quadro.

A reação de sua mãe, contudo, foi bem menos emotiva. Barbara Bush fez piada e mostrou-se incrédula: “Este é meu marido?”. A ex-primeira dama disse em seguida que tinha gostado do resultado, mas que não posaria de forma alguma para o filho.

(Com agência Reuters)