Clique e assine a partir de 8,90/mês

GB: Cameron convoca coalizão no poder a superar divergências

Por Da Redação - 15 jul 2012, 10h34

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, reconheceu as “profundas divergências” no interior da coalizão no poder, mas convocou os dois partidos a superá-las, em uma carta publicada pelo Sunday Times depois de tensões entre conservadores e liberais-democratas.

“Temos que estar à altura dos desafios, reconhecer o caráter excepcional e difícil do período que vivemos e servir ao interesse nacional oferecendo um governo forte, firme e unido”, concluiu.

O primeiro-ministro publicou esta carta dias depois de uma rebelião de alcances inéditos entre os deputados de seu partido em relação a uma controversa reforma da câmara alta do parlamento.

Este projeto de reforma que levaria a fazer da Câmara dos Lordes uma assembleia 80% eleita é defendida pelos liberais-democratas, mas divide profundamente os conservadores.

A coalizão saiu enfraquecida nesta semana depois de um forte debate e de uma votação a respeito na Câmara dos comuns. O projeto tem um futuro incerto depois do difícil debate entre os deputados.

O governo de coalizão se formou depois das eleições legislativas de maio de 2010, onde os conservadores se viram obrigados, ao não ter maioria suficiente, a fazer aliança com os liberais-democratas.

Continua após a publicidade
Publicidade