Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

França nega ligação de sequestro no Camarões com o Mali

Ministro da Defesa acredita que grupo Boko Haram é responsável pelo ataque

O grupo Boko Haram é provavelmente o responsável pelo sequestro de sete franceses no Camarões, afirmou o ministro francês da Defesa, Jean-Yves Le Drian, nesta quarta-feira. Ele descartou qualquer ligação entre o atentado e o conflito no Mali, mas admitiu certa semelhança. “São grupos que reivindicam o mesmo fundamentalismo, que têm os mesmos métodos, estejam no Mali, na Somália ou na Nigéria”, disse.

Sete turistas franceses, incluindo quatro crianças, foram sequestrados na terça-feira no norte do Camarões e depois foram levados para a Nigéria. Este foi o primeiro sequestro de franceses desde o início, em 11 de janeiro, da ação militar do país contra os grupos islamitas armados no Mali, com o objetivo de combater grupos terroristas islâmicos que vêm ganhando força e ameaçam a segurança na região.

Em janeiro, militantes islâmicos atacaram e ocuparam um campo de gás na Argélia, fazendo reféns funcionários estrangeiros, mas entre eles não havia franceses. No último domingo, sete estrangeiros, entre eles um grego, um italiano, um britânico e quatro libaneses, foram sequestrados na Nigéria por um grupo terrorista ligado à Al Qaeda, o Ansaru, que assumiu a responsabilidade pelo ato na segunda-feira.

(Com agência France-Presse)