Clique e assine a partir de 9,90/mês

Fotos mostram momento da explosão de uma bomba

A explosão também feriu outras três pessoas. Grupo jihadista assumiu autoria

Por Da Redação - 7 Jan 2015, 07h12

Um agente do Esquadrão Antibomba da Polícia egípcia morreu nesta terça-feira, no Cairo, quando tentava desarmar uma bomba na frente de um posto de gasolina. O momento da explosão foi captado por cinegrafistas e repórteres fotográficos. Um grupo jihadista assumiu a autoria do atentado.

O Egito é palco de inúmeros atentados, em geral cometidos com bombas de baixa potência, e ataques contra policiais e militares desde o golpe militar contra o então presidente islâmico Mohamed Mursi, em julho de 2013. A maioria é reivindicada por movimentos jihadistas, que alegam agir em represália à implacável e sangrenta repressão aos partidários de Mursi. O atentado foi cometido na tarde desta terça-feira, no bairro de Giza, oeste da capital egípcia.

Leia também

Esposa de Clooney foi ameaçada de prisão no Egito

Continua após a publicidade

Egito nega ter ameaçado prender esposa de George Clooney

Justiça egípcia ordena novo julgamento para jornalistas da Al-Jazeera

Em sua conta no Twitter, o grupo jihadista Ajnad Misr garantiu ter plantado a bomba no local. Essa não foi a primeira vez que o grupo assumiu a responsabilidade por um ataque à polícia na capital. Na madrugada desta terça, dois policiais foram mortos por desconhecidos que abriram fogo sobre eles, no centro do país. Segundo o governo, em um ano e meio, mais de 500 policiais e soldados foram mortos em ataques.

(Com agência France-Presse)

Publicidade