Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fernando Lugo tem câncer linfático, confirmam médicos

Ainda não foi possível, porém, avaliar a extensão e o estágio da doença

Lugo deve iniciar a quimioterapia nesta quinta-feira e, se responder positivamente, poderá voltar para casa até sábado

A equipe médica responsável pelo tratamento de Fernando Lugo no Brasil confirmou que o presidente paraguaio tem câncer linfático. Ainda não foi possível, porém, avaliar a extensão e o estágio da doença, conforme anúncio feito na quarta-feira pelo especialistas do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Durante os dois primeiros dias de internação (ele desembarcou no Brasil na terça-feira), Lugo foi submetido a “todos os exames que definiram e confirmaram o diagnóstico inicial”, informou Alfredo Baccio, médico pessoal do presidente em entrevista coletiva ao lado dos profissionais brasileiros. Segundo Baccio, trata-se de um linfoma folicular “não Hodgkins” na virilha.

O oncologista brasileiro Frederico Costa afirmou que “o diagnóstico ainda não está fechado” e a equipe aguarda o resultado de outros exames para confirmar a extensão da doença. Com eles, Lugo poderá iniciar o primeiro ciclo de quimioterapia – de um total de seis, que devem durar até seis meses. É provável que o procedimento tenha início ainda nesta quinta-feira. Se a reação do presidente paraguaio for positiva, ele poderá retornar para casa ainda esta semana.

Baccio disse que o ex-bispo católico de 59 anos “está de bom humor e disposto a passar por esta doença”, devendo continuar o tratamento de quimioterapia em seu país. “Ele não teria maiores limitações para continuar com seus trabalhos como chefe de Estado”, ressaltou. A notícia sobre da doença de Lugo causou grande agitação no meio político do Paraguai, onde se levanta a possibilidade de a presidência vir a ser ocupada pelo vice, Federico Franco, que pertence ao Partido Liberal (direita).

(Com agência France-Presse)