Clique e assine a partir de 9,90/mês

Exército conclui retirada de suas tropas do Complexo do Alemão

Por Da Redação - 9 jul 2012, 16h12

Rio de Janeiro, 9 jul (EFE).- O Exército brasileiro concluiu nesta segunda-feira a retirada de suas tropas do conjunto de 13 comunidades situadas na zona norte do Rio de Janeiro – o chamado Complexo do Alemão -, uma região que durante décadas foi dominada por traficantes e cujo controle foi retomado pelas autoridades em novembro de 2010.

A retirada dos militares foi iniciada no mês de março nas comunidades do Complexo do Alemão, onde moram 40 mil pessoas, enquanto os últimos militares que estavam no local concluiram essa operação hoje, junto com os blindados.

Os militares deixaram essas comunidades de maneira gradual, na medida em que as autoridades do Rio de Janeiro inauguravam novas Unidades de Polícias Pacificadoras, as chamadas UPPs.

Neste contexto, a saída definitiva dos militares do Complexo do Alemão foi celebrada com a inauguração de duas novas UPPs. O ministro da Defesa, Celso Amorim, e o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, estiveram nesta cerimônia.

Continua após a publicidade

A partir desta semana, segundo o governador, a segurança na região passa a ser garantida exclusivamente pela Polícia, que já conta com oito postos permanentes e 2.150 agentes.

A instalação das UPPs faz parte de uma política iniciada pelo governo regional do Rio de Janeiro em 2008, a qual tinha o objetivo de expulsar os traficantes das favelas da cidade antes da realização dos Jogos Olímpicos de 2016.

O Complexo do Alemão e as comunidades da Vila Cruzeiro, ambas situadas no bairro da Penha, eram regiões que consistiam os principais redutos da maior organização criminosa do Rio de Janeiro. EFE

cm/fk

Publicidade