Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-premiê português José Sócrates é detido por corrupção

Político socialista é investigado por suposto envolvimento em esquema de remessas secretas de capitais ao exterior e lavagem de dinheiro

O ex-primeiro-ministro de Portugal, José Sócrates, foi detido nesta sexta-feira por suspeita de envolvimento em fraude fiscal, lavagem de dinheiro e corrupção. Sócrates foi detido ao desembarcar no Aeroporto de Lisboa em um voo procedente de Paris, segundo a imprensa portuguesa.

A procuradoria de Portugal confirmou a detenção do ex-premiê e também de outras três pessoas, já interrogadas nesta sexta por suposto envolvimento no esquema. “Entre os detidos se encontra José Sócrates”, disse a Promotoria em comunicado, no qual acrescenta que durante a operação foram realizadas buscas em vários locais.

Segundo as autoridades que conduzem a investigação, o ex-primeiro-ministro socialista dormirá na prisão e neste sábado terá que comparecer perante um juiz para ser interrogado sobre “operações bancárias, movimentos e transferências de dinheiro sem justificativa conhecida e legalmente admissível”.

A operação chamada de Monte Branco foi iniciada em junho de 2011 e já desmantelou uma rede de lavagem de capitais com conexões entre Portugal e Suíça. José Sócrates, considerado uns dos “barões” do Partido Socialista protuguês, ganhou as eleições em 2005 com maioria absoluta e se manteve à frente do governo até 2011. Nascido em 1957 no Porto, norte do país, e engenheiro de profissão, ele chegou ao Partido Socialista em 1981.

(Com agência EFE)