Clique e assine a partir de 9,90/mês

EUA prometem retaliar insurgentes baseados no Paquistão

Por Paul J. Richards - 14 Sep 2011, 22h55

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Leon Panetta, advertiu nesta quarta-feira que seu país adotará represálias contra os insurgentes baseados no Paquistão, apontados como os responsáveis pelo espectacular ataque contra a embaixada dos EUA e o QG da Otan em Cabul.

“Mais uma vez pedimos ao Paquistão que exerça sua influência sobre este tipo de ataque da rede Haqqani, quando há muito pouco progresso nesta área”, revelou Panetta à imprensa, mostrando sua frustração com a incapacidade do governo paquistanês de reprimir este grupo armado.

“Não vou dizer como vamos reagir. Apenas digo que não vamos permitir que este tipo de ataque prossiga”, declarou Panetta ao pousar em San Francisco.

“Estes ataques da rede Haqqani me preocupam muito porque matam civis, matam nossos soldados, e porque seus membros fogem rapidamente para seu refúgio no Paquistão. Não se pode aceitar isto”.

Continua após a publicidade

O ataque da véspera contra Cabul deixou ao menos 15 mortos e durou quase 19 horas.

Publicidade