Clique e assine a partir de 9,90/mês

Estudantes são mortos a facadas em escola na China

Outras 12 crianças ficaram feridas; um suspeito está sob custódia policial

Por Da redação - Atualizado em 27 Apr 2018, 18h00 - Publicado em 27 Apr 2018, 11h38

Sete estudantes foram esfaqueados até a morte e outros doze ficaram feridos nesta sexta-feira 27 em um ataque perto de uma escola no norte da China, segundo a imprensa chinesa.

Um homem que portava uma faca atacou os estudantes no condado de Mizhi, na província de Shaanxi, enquanto eles estavam indo para casa, afirma o jornal chinês People’s Daily China. O suspeito, de 28 anos, foi detido pela polícia.

Fotos publicadas nas redes sociais mostram vários jovens estudantes deitados no chão, cercados por espectadores chocados.

Um comunicado do governo do Condado de Mizhi, divulgado na rede social chinesa Weibo, disse que o ataque aconteceu por volta das 18h10, horário local (7h10 no horário de Brasília).

Continua após a publicidade

As crianças feridas estão recebendo tratamento, segundo as autoridades. Suas idades exatas não foram divulgadas, mas o comunicado sugere que teriam entre 12 e 15 anos. A polícia ainda não comentou o possível motivo do agressor.

Ataques

O ataque lembra outros que aconteceram na China nos últimos anos. Entre 2010 e 2012,  25 crianças foram mortas e outras 100 feridas em ataques com facas não relacionados a escolas chinesas.

Continua após a publicidade

Além disso, em março de 2015, o país executou três homens acusados de assassinato e terrorismo ao realizar um ataque em uma estação de trem na cidade de Kunming, resultando na morte de 29 pessoas e em mais de 100 feridos.

Em episódios mais recentes, um homem matou uma mulher e feriu outras doze pessoas em um shopping de Pequim, em fevereiro deste ano. Em julho de 2017, duas pessoas morreram e nove foram feridas por um homem que ameaçava pessoas com uma faca em um supermercado da Wal-Mart na cidade de Shenzhen.

(Em atualização)

Publicidade