Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Estrelas do tênis apoiam boicote contra a China por assédio a Peng Shuai

Federação internacional do esporte, a WTA suspendeu torneios em território chinês

Por Ernesto Neves Atualizado em 2 dez 2021, 19h30 - Publicado em 2 dez 2021, 18h07

Nomes de destaque do tênis apoiaram a decisão da Federação Internacional de Tênis Feminino (WTA, na sigla em inglês) de suspender todos os torneios na China devido à preocupação com Peng Shuai.

Entre os esportistas que anunciaram suporte ao boicote estão Novak Djokovic e a veterana do tênis feminino Billie Jean King.

Djokovic classificou a postura do WTA como “muito ousada e corajosa”, enquanto a vencedora de singles do Grand Slam por 12 vezes, Billie King afirmou que a WTA está “do lado certo da história”.

A decisão foi comunicada pelo presidente da WTA, Steve Simon, que afirmou ter “sérias dúvidas” sobre a segurança de Peng.

Campeã em duplas de Wimbledon e no Aberto da França, Peng, de 35 anos, está no epicentro de um escândalo de grandes proporções desde o início de novembro.

A esportista acusou o ex-líder do Partido Comunista Zhang Gaoli de força-la a fazer sexo. As afirmações foram publicadas na rede social Weibo, semelhante ao Twitter. Segundo Peng, o relacionamento forçado durou anos.

Peng ficou desaparecida por semanas após as revelações viralizem na internet. Seu texto também acabou sendo apagado da rede, assim como todos os comentários sobre o assunto.

 

Continua após a publicidade

Publicidade