Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Estátua da Liberdade permanecerá fechada por um ano

Objetivo da reforma é melhorar as condições de segurança do monumento

Por Da Redação 11 ago 2011, 04h51

A Estátua da Liberdade, em Nova York, fechará novamente para reformas, desta vez pelo período de um ano, segundo anunciou o secretário de Interior dos Estados Unidos, Ken Salazar.

O jornal destaca que o novo fechamento, após três anos de reformas depois dos ataques do 11 de Setembro, acontecerá para promover as melhorias no sistema de segurança reivindicadas pelo Serviço Nacional de Parques.

Uma das maiores atrações turísticas dos Estados Unidos, a Estátua da Liberdade requer um investimento de US$ 27,25 milhões para as obras.

No entanto, funcionários explicaram que as reformas ainda não podem começar, já que os projetos não foram completados e o financiamento das obras não está determinado.

As autoridades também tentam evitar que o monumento seja fechado antes de 28 de outubro, dia em que a estátua completa 125 anos de inauguração.

O responsável do Serviço de Parques de Ellis Island e da Estátua da Liberdade, Vince Swift, assinalou que a grande maioria dos turistas não chega a subir por seu interior e assegurou que “viverão exatamente a mesma experiência” enquanto o monumento permanecer fechado.

(com Agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade