Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estado Islâmico ataca campos de petróleo e de gás no Iraque

Cinco pessoas morreram depois que homens-bomba se explodiram no campo da estatal iraquiana North Oil Co

O Estado Islâmico assumiu a responsabilidade por dois ataques em um campo de petróleo e uma estação de gás no Iraque neste domingo, que deixaram ao menos cinco mortos.

Quatro homens-bomba atacaram o campo de petróleo de Bai Hassan , um dos maiores da região de Kirkuk e que produz mais de 175.000 barris por dia. Três dos autores do ataque morreram, um deles conseguiu escapar. Um incêndio começou poucas horas depois que o primeiro homem se explodiu, destruindo dois tanques.

Mais cedo, outro grupo de militantes invadiu uma estação de compressão de gás a cerca de 30 quilômetros de Bai Hassan. Eles mataram quatro funcionários da companhia estatal North Oil Co. e destruíram o local com explosivos, segundo reportaram autoridades iraquianas.

O ataque foi o primeiro na área desde que o grupo extremista começou a tomar porções do Iraque em 2014. Os campos estão fechados e a polícia trabalha para desarmar outros sete explosivos improvisados plantados no local pelos autores dos ataques.

Forças iraquianas enfrentaram o grupo extremista em uma série de batalhas desde o final do ano passado. O exército prepara agora uma ofensiva para retirar o Estado Islâmico de Mosul, a segunda maior cidade iraquiana. Após algumas derrotas, o Estado Islâmico voltou a recorrer a algumas táticas de guerrilha, aumentando o número de ataques suicidas contra civis em Bagdá e outras regiões do país.

(Com Estadão Conteúdo)