Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Erupção de vulcão nas Filipinas causa evacuação de mais de mil pessoas

Por Da Redação 7 Maio 2015, 07h56

As autoridades do arquipélago das Filipinas evacuaram nesta quinta-feira 1.102 pessoas após a erupção do vulcão Bulasan durante a madrugada, que lançou uma densa coluna de cinzas que alcançou mais de 250 metros de altura. O escritório provincial de Sorsogon de resposta aos desastres naturais detalhou ao jornal local Inquirer que todos os evacuados são moradores de Cogon, uma das aldeias próximas à montanha de 1.565 metros e situada cerca de 250 quilômetros ao sudeste de Manila.

Os evacuados foram instalados temporariamente no Instituto Nacional Gallanosa, na localidade de São Pedro. “Cogon é a zona mais afetada por causa da direção do vento”, explicou a diretora da citada escritório, Ghraben Dimaano. Os especialistas da agência nacional que monitora os vulcões declararam o alerta ‘número um’, que estabelece um comportamento anormal do vulcão e prevê a possibilidade de mais erupções, e impuseram uma zona de segurança de nove quilômetros de raio ao redor da cratera.

Leia também

Vulcão Calbuco volta a entrar em erupção no Chile

Cinzas expelidas por vulcão provocam prejuízos para chilenos

As autoridades temem, além disso, que as precipitações anunciadas para amanhã na zona causem inundações e deslizamentos de terra. A de ontem a noite foi a segunda erupção do Bulusan em maio, após a sofrida no Dia dos Trabalhadores. O arquipélago filipino fica sobre uma zona de intensa atividade sísmica conhecida pelos geólogos como ‘anel de fogo do Pacífico’, e dispõe de 23 vulcões ativos.

(Da redação)

Continua após a publicidade

Publicidade