Clique e assine a partir de 9,90/mês

Enviado norte-coreano entrega mensagem de Kim Jong-un a Raúl Castro

Cuba e Coreia do Norte mantêm convênios de cooperação em diversos setores

Por Da Redação - 6 jul 2018, 18h32

O primeiro-secretário do Partido Comunista de Cuba, o ex-presidente Raúl Castro, recebeu nesta quinta-feira (6) em Havana o vice-presidente do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte, Ri Su-Yong, que lhe enviou uma mensagem do ditador do país asiático, Kim Jong-un.

“Durante o amistoso encontro foram manifestados os tradicionais laços de amizade e as excelentes relações entre nossos povos, partidos e governos”, afirmou uma nota oficial sobre a reunião divulgada na televisão estatal cubana com imagens.

O comunicado não revelou o conteúdo da mensagem enviada pelo ditador norte-coreano a Raúl Castro através de Ri Su-Yong, considerado uma figura política muito próxima a Kim Jong-un.

A visita oficial anterior a Cuba de uma delegação norte-coreana aconteceu em novembro do ano passado, quando uma comitiva liderada pelo ministro das Relações Exteriores, Ri Yong-ho, também entregou uma mensagem para Raúl Castro.

Naquele momento o ministro norte-coreano chegou a Havana em pleno aumento da pressão internacional sobre o país asiático, por conta de seus insistentes testes armamentistas. Durante a visita ambas nações decidiram manter um diálogo político para continuar consolidando seus modelos socialistas apesar das pressões dos Estados Unidos.

Cuba e Coreia do Norte mantêm estreitos laços desde que estabeleceram relações diplomáticas em 1960.

O líder cubano Fidel Castro, falecido em 2016, visitou o país asiático em 1986 e se reuniu então com seu fundador, Kim Il-sung, e seu filho e sucessor, Kim Jong-il, avô e pai respectivamente do atual líder norte-coreano, Kim Jong-un.

Atualmente, ambos países mantêm convênios de cooperação em diversos setores, entre eles educação, petróleo, agricultura e comércio, além de intercâmbios diplomáticos e culturais.

(Com EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade