Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Embaixada da Rússia na capital da Líbia é atacada

Grupo tentou invadir o local, mas foi contido. Nenhum diplomata foi ferido

A embaixada da Rússia em Trípoli, capital da Líbia, foi atacada por atiradores nesta quarta-feira. A chancelaria russa informou que um grupo com cerca de sessenta pessoas abriu fogo contra o prédio e tentou forçar a entrada no local. Nenhum diplomata ficou ferido. “O grupo abriu fogo e rasgou a bandeira russa”, afirmou a agência de notícias russa Itar Tass, citando testemunhas.

Leia também:

EUA retiraram ameaças terroristas de documento sobre Bengasi

Uma fonte da segurança na Líbia disse que o ataque desta quarta não aparenta ter sido obra de algum grupo terrorista. O motivo, destacou a fonte citada pela agência de notícias Reuters, teria sido uma vingança pela morte de um cidadão líbio por uma mulher russa. O ataque ocorreu horas depois que uma russa de 24 anos foi presa sob a acusação de matar um oficial em seu apartamento. Identificada como Katerine, ela é suspeita de usar uma pistola automática para matar Mohamed Alsusi, disse ao jornal britânico The Guardian Hashim Bishar, chefe do Comitê Supremo de Segurança, a polícia de Trípoli. A mulher também teria atacado a mãe da vítima.

O ataque foi sintomático da volatilidade na Líbia dois anos depois da derrocada do ditador Muamar Kadafi. As rivalidades entre clãs e tribos aumentaram em meio à fragilidade política do país. A Rússia, que tinha relações próximas com Kadafi, não participou da ofensiva contra Líbia, em 2011, e condenou a ação.

No ano passado, um ataque terrorista contra a embaixada americana em Bengasi provocou a morte do embaixador J. Christopher Stevens e de outros três funcionários americanos. Em abril deste ano, um carro-bomba explodiu do lado de fora da embaixada da França, também na capital, ferindo dois guardas franceses e vários moradores. Em maio, a Grã-Bretanha retirou parte de sua equipe do país, devido a preocupações com a segurança. Em junho, um carro-bomba foi encontrado perto da embaixada da Itália.