Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

EI divulga aúdio de líder para afastar rumores de morte

Abu Bakr al-Baghdadi pediu que jihadistas ataquem a Arábia Saudita

Por Da Redação 13 nov 2014, 15h51

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) publicou na internet nesta quinta-feira um áudio do seu líder, Abu Bakr al-Baghdadi. A divulgação ocorre poucos dias após surgirem rumores de que o jihadista teria sido ferido ou morto em um ataque aéreo.

Na mensagem de dezessete minutos, al-Baghdadi diz que o EI, que controla áreas na Síria e no Iraque, vai lutar até o último homem. Segundo a rede BBC, o aúdio não cita nenhuma data, mas parece genuíno e recente.

Leia também

Ataques da coalizão já mataram 865 pessoas na Síria

Novos bombardeios da coalizão em Mosul matam nove jihadistas

Ataque aéreo dos EUA mira líderes do Estado Islâmico no Iraque

Vídeo: Chefe jihadista usa relógio caro e condena luxo​

Al-Baghdadi também pediu a realização de ataques na Arábia Saudita, por considerar que monarcas sauditas, aliados dos EUA, são “a cabeça da cobra”. Ele também disse que o califado do EI está se expandindo pelo mundo árabe e pediu por “vulcões de jihad (guerra santa)” em todo o mundo. Ele também chamou os inimigos do EI como judeus, cruzados e apóstatas.

Analistas afirmaram que a mensagem provavelmente foi publicada com a intenção de afastar qualquer rumor de morte sobre o jihadistas. Na semana passada, veículos de comunicação do Oriente Médio especularam que o chefe do EI tinha morrido em um ataque aéreo perto de Mosul, no Iraque. A mensagem não faz qualquer referência ao ataque, mas Al-Baghdadi cita eventos que ocorreram depois, como o anúncio do presidente americano Barack Obama de enviar mais 1.500 soldados ao Iraque.

Continua após a publicidade
Publicidade