Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Duas pessoas são mortas a tiros em universidade em Michigan

O atirador foi identificado, mais ainda é procurado pelas autoridades

Duas pessoas morreram baleadas em um dos dormitórios da Universidade Central do Michigan, nos Estados Unidos, na manhã desta sexta-feira. Segundo a polícia local, o atirador já foi identificado, mas conseguiu fugir e é procurado.

De acordo com a universidade, nenhuma das duas vítimas é estudante da instituição. Ainda segundo a diretoria, a “polícia acredita que o incidente começou como uma situação doméstica”.

A universidade e o dormitório Campbell Hal estão localizados a cerca de 200 km ao noroeste da capital estadual Detroit. O incidente aconteceu por volta das 9h do horário local (11h em Brasília), segundo as autoridades locais.

De acordo com a polícia da Universidade Central do Michigan, o suspeito foi identificado como James Eric Davis Jr., um jovem de 19 anos. Também segundo as autoridades locais, ele estava vestido com calças amarelas e um moletom azul. A polícia alertou que ele está armado e pode ser perigoso.

Uma fonte de segurança local informou de forma anônima à rádio WWJ Newsradio 950 que as duas pessoas baleadas seriam pais do atirador. A informação, contudo, não foi confirmada oficialmente. 

Segundo o tenente da polícia da universidade, Larry Klaus, Davis Jr. teve de ser levado para o hospital na noite de quinta-feira pelos oficiais do campus pois sofria de uma overdose ou uma reação adversa ao consumo de drogas. Ainda não se sabe, contudo, qual a relação do incidente com o tiroteio desta sexta. 

Toda a área da universidade e outras escolas e instituições estudantis na região foram isoladas por precaução. Muitos alunos e visitantes ficaram presos em seus quartos, salas de aulas e lanchonetes enquanto a polícia investigava o caso.

A Universidade Central de Michigan tem cerca de 23.000 alunos e está localizada na cidade de Mount Pleasant.