Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Doença misteriosa atinge mais de 300 pessoas na Índia

Médicos não definiram as causas, mas não veem sinal de transmissão entre humanos; ao menos uma pessoa morreu

Por Da Redação Atualizado em 8 dez 2020, 08h32 - Publicado em 7 dez 2020, 14h26

Uma doença misteriosa no estado de Andhra Pradesh, na Índia, infectou mais de 350. Os síntmas são similares aos da epilepsia, mas ainda não se sabe ao certo como ela é transmitida ou sua causa.

+ Receba notícias de VEJA no Telegram

A principal cidade afetada pela doença foi Eluru, na costa leste do país. Os primeiros pacientes chegaram ao hospital da cidade no sábado à noite. O primeiro óbito foi registrado no domingo pela manhã, após um homem de 45 anos ter se recuperado dos sintomas, mas ter falecido por outras causas. Os médicos, que falaram com a imprensa local, não ligaram o óbito à doença.

Os síntomas da doença são similares aos da epilepsia, com pacientes relatando dores de cabeça, náusea, vômito e convulsões seguidos pela perda momentânea da consciência. A maior aprte dos infectados é de jovens entre 20 e 30 anos de idade. Algumas crianças com idades inferiores a 12 anos também foram atendidas.

Segundo o jornal indiano Times of India, 157 pacientes ainda estão hospitalizados e outros 168 já foram liberados. A maior parte dos infectados mora em Eluru, enquanto ao menos 30 residem na zona rural da cidade.

Uma das hipóteses levantadas foi a de contaminação pela água, mas testes em poços deram negativo para qualquer problema, segundo o Times of India. Exames de sangue e ressonância magnética não conseguiram definir a causa.

O Ministério da Saúde indiano enviou à cidade uma equipe para investigar a doença. O relatório ficará pronto nesta terça-feira, 8. As autoridades de saúde estaduais afirmaram que não há indício de transmissão da doença entre humanos.

Continua após a publicidade
Publicidade