Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Distúrbios entre soldados e manifestantes recomeçam no Cairo

Cairo, 18 dez (EFE).- Os distúrbios entre manifestantes e soldados foram retomados neste domingo no centro do Cairo, perto da sede do Conselho de Ministros e do Parlamento, disse à Agência Efe uma fonte dos serviços de segurança.

A fonte explicou que neste momento, os manifestantes jogam pedras contra os militares postados na rua Qasr al Aini, onde fica o Parlamento, nas proximidades da praça Tahrir, sem que os soldados respondam ao ataque.

Enquanto isso, em Tahrir, onde há manifestantes concentrados, reina a calma e os veículos circulam com normalidade, acrescentou a fonte.

Segundo a versão digital do jornal estatal ‘Al-Ahram’, militares e manifestantes jogam pedras uns nos outros e o Exército usou canhões de água nas ruas Qasr al Aini e Sheikh Rihan, onde se concentram o Parlamento, o Ministério do Interior e o Conselho de Ministros.

‘Al-Ahram’ explica que os confrontos foram retomados quando os soldados transpassaram uma barreira de cimento construída para conter aos manifestantes na rua Qasr al Aini.

Em declarações divulgadas pela agência de notícias estatal egípcia, ‘Mena’, o membro da Junta Militar, general Mohsen al Fangari, assegurou que o ‘Egito não vai cair apesar das tentativas para derrubá-lo’.

O militar pediu que não se preste atenção aos rumores que estão tentando destruir o Egito.

Pelo menos nove pessoas morreram e 361 ficaram feridas durante os distúrbios iniciados na sexta-feira passada no centro do Cairo entre militares e manifestantes. EFE