Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dilma anuncia novas medidas para reforçar combate ao crack

Brasília, 7 dez (EFE).- A presidente Dilma Rousseff renovou nesta quarta-feira seu compromisso no combate ao crack e outras drogas e anunciou iniciativas públicas para promover a recuperação dos usuários e reforçar a luta contra o narcotráfico.

Dilma afirmou que o país vai utilizar todas as ferramentas que tem em matéria de saúde, segurança e inteligência para atacar de frente o problema das drogas, que classificou de ‘tragédia humana que leva às pessoas a perder os sentidos de sua própria existência e dedicar-se a uma atividade autodestrutiva’.

Em cerimônia no Palácio do Planalto, a chefe de Estado declarou que as famílias das pessoas que caíram nas drogas podem ‘ter a certeza que o Estado fará da dor delas sua própria dor’ e fará ‘tudo o que for possível para a recuperação’ de cada dependente.

As iniciativas anunciadas abrangem desde melhorias na atenção sanitária e psicológica, ampliação dos centros especializados no tratamento de usuários de drogas e especialmente do crack, assim como um reforço das medidas de segurança e combate ao narcotráfico e, ainda, a lavagem de dinheiro.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, garantiu que, especialmente nas fronteiras, ‘haverá uma ação muito firme contra os traficantes de drogas’.

Embora Cardozo admitiu que o crime organizado ‘é um problema muito sério’ e tem múltiplas ramificações, garantiu que ‘o estado brasileiro é mais forte e vai derrotá-lo’ com medidas que abrangerão a ação policial direta e trabalhos de inteligência ‘para asfixiar seus canais financeiros’.

Conforme Dilma, essas ações servirão para reforçar outros planos oficiais existentes para o tratamento de usuários de drogas e tornarão mais efetivo o combate às redes do narcotráfico.

‘A síntese da intenção deste Governo é vida sim, drogas não’, declarou a presidente. EFE