Clique e assine a partir de 9,90/mês

Dia de votação: Trump tem dificuldade para derrubar Obamacare

Votação do projeto está prevista para começar às 20h, no horário de Brasília

Por Da redação - Atualizado em 23 mar 2017, 16h13 - Publicado em 23 mar 2017, 13h58

O projeto de lei de reforma da saúde que tem como objetivo substituir o Obamacare, uma promessa da agenda republicana e do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, segue enfrentando dificuldades dentro do próprio partido para obter maioria para a aprovação, horas antes de ser votado, às 20h (horário de Brasília).

Os republicanos começam a vislumbrar a possibilidade de que o projeto não seja aprovado no Congresso. Em entrevista para a MSNBC, o republicano Kevin Brady estimou que a proposta de reforma da saúde será aprovada com 216 votos. Para a lei passar, são necessários 215 votos a favor.

Falta de apoio
Entretanto, segundo o republicano Mo Brooks,, que faz parte do Freedom Caucus, cerca de trinta a quarenta políticos do partido ainda são contra a aprovação do projeto. Na Casa, Trump só pode perder 22 votos dos republicanos. Caso contrário, a reforma da saúde não passará.

De acordo com repórteres do site Politico, treze integrantes do Freedom Caucus já teriam garantido que votarão pelo “não”. Já a Associated Press estimou que 26 republicanos confirmaram que irão contra o projeto.

Em sua conta presidencial no Twitter, Trump fez um apelo para que os cidadãos americanos pressionem seus congressistas a apoiarem o projeto de lei.

Continua após a publicidade

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade