Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

De cinco professores sequestrados no México, quatro são resgatados e um morre em cativeiro

Crime é atribuído por testemunhas a bando recém-formado por um ex-membro de um carte da região

Quatro dos cinco professores sequestrados em uma escola mexicana no estado de Guerrero, no sul do país, foram localizados com vida. O quinto refém morreu no cativeiro, informou neste sábado (16) a promotoria do distrito mexicano, onde nas últimas horas 26 pessoas sequestradas foram libertadas. Guerrero é um dos estados mais pobres do México, local onde desapareceram os 43 estudantes de Ayotzinapa em 2014.

“Conseguimos salvar quatro dos cinco professores. Parece que um deles morreu no primeiro dia. Segundo eles, os sequestradores foram informados que o homem estava doente, mas não se importaram. Era o diretor da escola, que tinha asma”, disse o promotor de Guerrero, Xavier Olea, ao informar que ainda não se sabe o que aconteceu com o corpo da vítima.

Os cinco professores foram sequestrados na segunda-feira passada (11) numa escola da aldeia de Ajuchitlán do Progresso. O grupo foi encontrado na noite deste sexta-feira (15). No mesmo dia, pela manhã, outros 21 homens que foram capturados na mesma região no sábado, a caminho de um casamento, foram resgatados. Neste grupo houve também uma vítima, cujo o corpo já foi localizado.

Na missão de resgatar as vítimas, foram mobilizados efetivos do Exército e da Polícia Federal, o que pode ter influenciado os sequestradores na libertação dos reféns, segundo o governo local. Os sequestros são atribuídos por testemunhas a um,bando recém-formado por um ex-membro de um cartel que operava na área.

(Com AFP)