Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Corpo de espanhol morto em naufrágio deve voltar ao país em breve

Roma, 17 jan (EFE).- O Consulado Geral espanhol em Roma iniciou os trâmites para o transporte à Espanha o mais rápido possível do corpo de Guillermo Gual, morto no naufrágio do ‘Costa Concordia’, que está aguardando uma autópsia.

Fontes diplomáticas espanholas disseram à Agência Efe que ‘tudo depende das autoridades italianas’ e esperam que a repatriação do corpo possa acontecer o mais rápido possível, embora não haja uma data fixada.

O corpo de Guillermo Gual, de 68 anos, está no hospital de Grosseto, localidade toscana próxima à ilha de Giglio, onde na sexta-feira passada naufragou o ‘Costa Concordia’, que deixou 6 mortos e 29 desaparecidos.

Os corpos estão passando por uma autópsia para verificar se morreram afogados ou por outras causas, disseram à Efe fontes hospitalares de Grosseto, para quem o exame no espanhol será praticado nesta quarta-feira.

Os familiares identificaram na segunda-feira o corpo de Guillermo Gual, natural de Palma de Mallorca, depois que foi achado no domingo em uma cabine do navio com o colete salva-vidas posto e junto com o corpo do italiano Giovanni Masia, de 86 anos.

Gual viajava com um grupo de oito pessoas, entre familiares e amigos, do qual se separou no momento da tragédia.

Alguns conseguiram alcançar uma lancha salva-vidas e chegar à ilha de Giglio, mas outras três pessoas optaram por se atirar ao mar agarrados pelas mãos, mas Gual se soltou e ficou a bordo, segundo explicaram à Efe seus familiares. EFE