Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Coreia do Norte chama Trump de “psicopata”

Em jornal oficial, o regime de Kim Jong-un afirma que o presidente americano quer desviar a atenção da "crise doméstica"

Por Da redação
Atualizado em 4 jun 2024, 20h50 - Publicado em 22 jun 2017, 10h18

O jornal oficial da Coreia do NorteRodong Sinmun, chamou nesta quinta-feira o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de “psicopata”, em um momento de grande tensão após a morte do estudante americano Otto Warmbier, que foi retirado em estado de coma de Pyongyang na semana passada.

A publicação afirmou que o presidente americano enfrenta uma “situação dura” em seu país e indica que Trump avalia a ideia de um ataque preventivo contra a Coreia do Norte para desviar a atenção da crise política doméstica.”A Coreia do Sul precisa entender que seguir o psicopata Trump levará apenas ao desastre”, escreveu o jornal, em um editorial de “alerta” ao país vizinho.

Uma série de testes nucleares e lançamentos de mísseis realizados pelo regime norte-coreano no último ano aumentaram a tensão na península da Coreia. A morte de Warmbier complicou ainda mais as relações entre Pyongyang e Washington. Depois do ocorrido, Trump criticou o “regime brutal” do ditador Kim Jong-un e afirmou que está determinado a “evitar que este tipo de tragédia aconteça com pessoas inocentes nas mãos de regimes que não respeitam as leis ou a decência humana básica”.

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-In, concordou com o chefe de Estado americano em entrevista e afirmou que a Coreia do Norte é responsável pela morte do estudante. O político de centro-esquerda, que tomou posse no mês passado, prioriza desde a campanha eleitoral uma atitude de diálogo com a Coreia do Norte, ao invés da postura rigorosa defendida por sua antecessora. Desde que assumiu o cargo, porém, precisou ter uma postura rígida com a nação vizinha devido ao aumento da tensão com o ocidente.

Continua após a publicidade

Washington fez uma nova demonstração de força na terça-feira na região, com o voo de dois bombardeiros B-1 sobre a península da Coreia, durante uma missão de treinamento com Japão e Coreia do Sul.

(Com AFP)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.