Clique e assine a partir de 8,90/mês

Coreia do Norte cancela conversa com ONU

Objetivo do encontro seria discutir o naufrágio de um navio sul-coreano

Por Da Redação - 13 jul 2010, 16h06

A Coreia do Norte cancelou abruptamente a reunião que estava programada para esta terça-feira com a Organização das Nações Unidas (ONU), alegando “motivos administrativos”. Esse serio o primeiro encontro para discutir o naufrágio de um navio de guerra sul-coreano, em março. Uma nova data para as conversas ainda não foi estabelecida.

A ONU emitiu um comunicado informando que representantes militares da Coreia do Norte haviam pedido o adiamento. A reunião seria liderada pelos Estados Unidos, que supervisionam a trégua da Guerra da Coreia. O conflito nunca foi formalmente encerrado, portanto os dois países estão tecnicamente em guerra desde 1950.

Segundo uma autoridade norte coreana, o país pode ter decidido que não estava pronto para as negociações.

Acusação – Uma equipe conjunta de investigadores envolvendo autoridades militares e especialistas civis da Coreia do Sul, dos Estados Unidos e da Suécia acusaram a Coreia do Norte de lançar um torpedo contra a corveta sul-coreana Cheonan em março, matando 46 marinheiros.

O Conselho de Segurança da ONU condenou o ataque em um comunicado na última sexta-feira, mas não acusou diretamente a Coreia do Norte. O país nega seu envolvimento no naufrágio e acusou o Sul de fabricar o incidente para adquirir vantagem política.

Continua após a publicidade
Publicidade