Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Compositora pede US$ 65 milhões por apartamento em Nova York

Nova York, 27 jan (EFE).- Um dos apartamentos mais caros de Nova York foi posto à venda por sua proprietária, a compositora Denise Rich, que pede US$ 65 milhões por seus 1.115 metros quadrados, distribuídos em 19 quartos e três terraços.

A cobertura, situado na Quinta Avenida e com vista privilegiada para o Central Park, possui um grande salão, refeitório para 22 pessoas, sete dormitórios, 11 banheiros, três cozinhas, uma sala de jogos, uma academia de ginástica e uma livraria com chaminé.

Denise Rich, que compôs músicas para Aretha Frankin e Mandy Moore, considera ‘um espaço excessivo para uma mulher só’, segundo declarou ao jornal ‘New York Post’.

As dependências da cobertura incluem também um terraço que uma vez foi transformado em uma pista de patinação, por ocasião de uma festa, e outro na qual cabem 200 pessoas.

Pelo apartamento já desfilaram personalidades da música como Stevie Wonder, que tocou o piano de cauda do salão, e Celine Dion, que cantou no estúdio de gravação.

A compositora, que já foi indicada ao Grammy, era casada com Marc Rich, um empresário que foi acusado de comprar petróleo ilegalmente do Irã no final da década de 1970 e que, finalmente, foi perdoado pelo presidente Bill Clinton.

Atualmente, as duas filhas de Denise vivem na Europa e por isso a proprietária explicou que está buscando um apartamento menor. ‘Espero que a próxima família que ocupe esta casa a desfrute tanto como nós’, afirmou.

Apesar do preço salgado, a cobertura de Denise, que custa US$ 58 mil por metro quadrado, não alcança o recorde de US$ 140 mil por metro quadrado de um triplex no Central Park, propriedade de um ex-presidente do banco americano Citigroup, vendido recentemente. EFE

mq/rsd