Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Comandante americano é investigado em escândalo da CIA

Ex-diretor da CIA se demitiu após admitir relação extraconjugal com biógrafa

O principal comandante militar americano no Afeganistão, general John Allen, está sob investigação por ter enviado ‘mensagens inapropriadas’ à mulher vinculada ao escândalo que envolve o ex-diretor da CIA David Petraeus, afirmou uma autoridade sênior de defesa dos EUA nesta terça-feira, falando em condição de anonimato.

Leia também:

Leia também: FBI faz busca na casa da amante do ex-diretor da CIA

A fonte do Pentágono disse à imprensa que o FBI descobriu quase 30.000 páginas de correspondência (principalmente emails datados de 2010 a 2012) entre Allen e Jill Kelley. A mulher é apontada como figura chave no escândalo que custou o cargo do renomado general de quatro estrelas e chefe da inteligência dos Estados Unidos. Antes de ser promovido ao comando da CIA, no ano passado, Petraeus ocupava justamente o cargo de Allen no Afeganistão.

Jill, uma mulher de Tampa, Flórida, foi identificada como velha amiga da família de Petraeus, além de voluntária para contatos sociais com parentes de militares da Base Aérea de MacDill. Ela denunciou ao FBI uma série de e-mails com ameaças que recebeu durante o ano e depois descobriu que partiram de Paula Broadwell, com quem Petraeus manteve a relação extraconjugal. O FBI posteriormente detectou mensagens entre Paula e Petraeus que revelavam o relacionamento.

Não está claro como Allen e Kelley se conheceram. Antes de ir para o Afeganistão, ele trabalhou durante três anos na Flórida como diretor-adjunto do Comando Central das Forças Armadas dos EUA. Petraeus comandou essa unidade entre 2008 e 2010.

Saiba mais:

Saiba mais: E-mail da amante motivou apuração sobre ex-chefe da CIA

Indicação – O secretário de Defesa dos EUA, Leon Panetta, disse que havia pedido que a indicação de Allen para dois importantes cargos militares, um na Otan e outro nas Forças Armadas dos EUA, fossem colocados em espera. Segundo ele, o presidente Barack Obama concordou.

Allen, que atualmente está em Washington e nega ter cometido atos ilícitos, continuará no cargo no Afeganistão, mas Panetta encorajou o Senado a agir rapidamente na aprovação de seu sucessor, o general Joseph Dunford. Petraeus renunciou abruptamente na semana passada, depois de admitir a relação extraconjugal com sua biógrafa Paula Broadwell.

Na segunda-feira, agentes do FBI realizaram buscas na casa de Broadwell, na localidade de Charlotte, Carolina do Norte. Os agentes passaram cerca de quatro horas no imóvel, de onde saíram levando o que pareciam ser dois computadores e cerca de dez caixas. Eles não comentaram a natureza do material apreendido.

(Com agências France-Presse e Reuters)