Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Com Covid, presidente checo nomeia premiê envolto por caixa de vidro

Com covid , Milos Zeman indicou Petr Fiala, do partido de centro-direita ODS, para o cargo

Por Da Redação Atualizado em 29 nov 2021, 15h56 - Publicado em 29 nov 2021, 15h46

O presidente da República Checa, Milos Zeman, nomeou o novo premiê do país, Petr Fiala, no último domingo, 28, de dentro de uma caixa de vidro acrílico. Ele testou positivo para Covid-19 no início da semana passada. 

Zeman também fez o pronunciamento sentado, pois se recupera de uma doença grave no fígado, que o deixou no hospital por mais de um mês. 

O presidente ficou internado por 46 dias. Mas já recebeu alta por não apresentar novos sintomas, sob a exigência de permanecer em quarentena.  A caixa de vidro foi construída especialmente para a ocasião. 

Como Zeman estava hospitalizado, o país estava num impasse político, uma vez que ele é responsável por selecionar o próximo primeiro ministro do governo. 

O escolhido foi Fiala, presidente do partido de centro-direita ODS. Ele vai liderar uma coalização de cinco partidos que venceram as eleições parlamentares no mês passado. 

O Partido Comunista da Boêmia e Morávia, KSCM,  de esquerda e sucessor direto do Partido Comunista da extinta Tchecoslováquia, teve um resultado desastroso e saiu do parlamento pela primeira vez em 76 anos.

Durante a cerimônia, Zeman e Fiala conversaram por meio de microfones, e o ministro usou respiradores enquanto assinava os papéis.

Zeman disse que se reunirá com os futuros membros do gabinete de Fiala individualmente. Informou também que deseja concluir o processo até 13 de dezembro.

Continua após a publicidade

Publicidade