Clique e assine com até 92% de desconto

Com 350 homicídios, Ciudad Juarez tem o outubro mais violento de sua história

Por Da Redação 1 nov 2010, 05h12

Com um total de 350 assassinatos, o mês de outubro foi o mais violento de 2010 na mexicana Ciudad Juárez, no estado de Chihuahua, fronteira com El Paso (Texas, Estados Unidos), segundo relatórios oficiais.

De acordo com dados da Justiça estadual, em janeiro foram registrados 227 assassinatos, em fevereiro 163, março 240, abril 203, maio 262, junho 313, julho 291, agosto 338, setembro 289 e outubro 350.

No último dia de outubro foram dez homicídios em Ciudad Juárez, a mais violenta do México.

Nas primeiras horas deste domingo foram mortas seis pessoas em diferentes pontos da cidade, enquanto à tarde dois outros homens foram atacados a tiros e seus corpos encontrados no quintal de uma casa.

Horas depois, outro cidadão faleceu depois de ser baleado por criminosos desde um veículo em movimento, e mais tarde foi assassinado a tiros um jovem de 25 anos.

Além disso, a Polícia encontrou o corpo de outra pessoa com marcas de bala, e durante a noite houve mais um crime em uma zona residencial no leste do município.

Segundo apuração jornalística baseada em dados da Procuradoria Geral do Estado de Chihuahua, neste ano já ocorreram 2.666 homicídios, enquanto em 2009 foram assassinadas 2.754 pessoas.

Os cartéis do narcotráfico disputam há vários anos o controle de Ciudad Juárez, em conflito que, neste ano, produz uma média de nove mortes diárias.

(com Agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade