Clique e assine a partir de 9,90/mês

Colégios eleitorais abrem para as primárias da oposição na Venezuela

Por Da Redação - 12 fev 2012, 11h04

Caracas, 12 fev (EFE).- Os centros de votação para as eleições primárias da oposição venezuelana abriram neste domingo com normalidade no início do dia em que os eleitores estão convocados a escolher o candidato de consenso para enfrentar o presidente, Hugo Chávez, nas eleições de outubro.

Às 8h (10h30 de Brasília) os colégios eleitorais abriram as portas e fecharão às 16h (18h30 de Brasília), embora o Conselho Eleitoral da Mesa da Unidade cogite a possibilidade de ampliar o horário conforme se desenvolva o processo de votação.

Ao redor de 7,8 mil mesas distribuídas em 3,8 mil centros de votação pelo país esperam a afluência de 18 milhões de venezuelanos, embora a oposição calcule participação de apenas 2 milhões.

Estão convocados para as primárias 63,7 mil venezuelanos que vivem no exterior, para isso foram instaladas 176 mesas de votação em 81 cidades de 31 países.

Continua após a publicidade

Cinco candidatos concorrem para ser o líder da oposição e o adversário de Chávez nas presidenciais de outubro.

Os principais favoritos são os governadores de Miranda (centro), Henrique Capriles, e de Zulia (oeste), Pablo Pérez.

Na disputa ainda a deputada María Corina Machado, o ex-embaixador Diego Arria e o ex-sindicalista Pablo Medina.

As primárias deste domingo também servirão para escolher dentre 1.108 candidatos os nomes de consenso que a oposição apresentará nas eleições para governadores de dezembro próximo e as municipais de abril de 2013. EFE

Publicidade