Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Coalizão liderada pela Arábia Saudita retoma aeroporto de Áden no Iêmen

Com o apoio da coalizão chefiada pela Arábia Saudita, as forças iemenitas retomaram o aeroporto internacional de Áden e alguns distritos da cidade das mãos de combatentes milicianos houthis nesta terça-feira, num repentino avanço, após meses de impasse, disse o governo exilado do país.

Leia mais:

Mais de mil detentos fogem de prisão no Iêmen

Mais de 21 milhões de iemenitas precisam de assistência humanitária urgente

Nas redes sociais, iemenitas afirmaram que houve comemoração em cidades no sul do país, para onde refugiados de Áden fugiram, e em outras áreas onde combatentes locais ainda lutam contra os houthis e unidades do Exército leais ao ex-presidente Ali Abdullah Saleh.

A emissora de televisão Maseera, dos houthis, relatou que eles haviam escolhido deixar a cidade após “limpá-la da Al Qaeda e do Estado Islâmico”, em um aparente reconhecimento do recuo da milícia.

Os combates ocorrem após o colapso de uma trégua humanitária intermediada pela Organização das Nações Unidas (ONU).

“O Aeroporto Internacional de Áden e Khormaksar foram liberados de elementos houthis e de Saleh por forças armadas que apoiam a legitimidade do Iêmen e forças de resistência popular, em coordenação e com apoio direto da coalizão”, disse o porta-voz do governo iemenita, Rajed Badi.

(Com agência Reuters)