Clique e assine a partir de 9,90/mês

Chávez virá ao Brasil para Venezuela aderir ao Mercosul

Formalização de entrada do país no bloco acontece no Rio de Janeiro em julho

Por Da Redação - 9 jul 2012, 07h05

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou na noite de domingo que viajará ao Brasil em 30 de julho para assistir, no dia seguinte, ao ato que formalizará a entrada da Venezuela como membro pleno do Mercosul. Chávez disse também que agora está definindo os detalhes e “trabalhado para a entrada da Venezuela no Mercosul”.

“Em 30 de julho terei que ir, certamente, como não ir, ao ato especial no qual se formalizará o ingresso pleno da Venezuela no Mercosul”, afirmou Chávez durante uma cerimônia de formação de militares exibida ao vivo pelo canal estatal VTV. Na última reunião de cúpula do Mercosul, realizada em 29 de junho em Mendoza (Argentina), os presidentes dos países que integram o bloco aceitaram a Venezuela como membro pleno do grupo e convocaram uma reunião para 31 de julho no Rio de Janeiro para concretizar a adesão de Caracas. A decisão foi tomada pelo bloco após a suspensão do Paraguai na mesma reunião, decidida em função da destituição do ex-presidente Fernando Lugo em 22 de junho. O Parlamento paraguaio bloqueava desde 2006 a adesão da Venezuela. No mesmo discurso, o caudilho aproveitou para acusar a Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos de “operar na Venezuela para buscar militares descontentes” que queriam pronunciar-se contra seu governo. (Com agência France-Presse)

Publicidade